cloud computing

Por que a sua organização precisa investir em cloud computing? Veja!

Powered by Rock Convert

Cloud computing é um dos termos mais falados no setor de TI atualmente. Mesmo assim, muitos ainda têm dúvidas sobre o que é e qual é a vantagem da adoção desse modelo na organização em que trabalham.

Que tal esclarecer todas as questões sobre o assunto? Neste post vamos conversar mais sobre o modelo operacional, como ele afeta os negócios (seja ele público, seja privado) e quais benefícios esperar quando você sugerir esse novo investimento à diretoria. Confira!

Como funciona a implementação de cloud computing nas organizações?

Todas as incertezas e os mitos sobre a cloud computing já ficaram no passado. Hoje, não há gestor de TI que não tenha contratado, ou não esteja planejando a utilização da computação em nuvem.

O primeiro mito a ser derrubado é o de que a computação em nuvem se refere apenas ao local em que os dados, serviços ou aplicativos de TI são armazenados. Não.

Computação em nuvem é um modelo de disponibilização de recursos de TI na forma de serviços. Tal modelo tem, por característica, o acesso conveniente, recursos sob demanda e compartilhados, fácil provisionamento, escalabilidade, disponibilidade e, principalmente, simplicidade no uso e no gerenciamento.

O processo mais comum de adoção de nuvem é feito por meio da contratação de planos em grandes provedores como Google, Azure ou Amazon. Normalmente inicia-se com ofertas de serviços prontas (e-mail, armazenamento, servidores virtuais), e é possível expandir até o desenvolvimento de softwares próprios, compatíveis com essa estrutura.

Em busca de otimizar o investimento em nuvem, é comum que organizações maiores ou com processos mais complexos busquem uma empresa parceira especializada, que faça o projeto e a migração dos serviços da infraestrutura tradicional para a infraestrutura em nuvem.

Esse é o caso, por exemplo, do setor público, que tem limitações em sua contratação de serviços em nuvem, quer por necessitarem que os dados estejam em território nacional, quer por necessitarem de previsibilidade nas faturas mensais dos serviços. Com isso a escolha de um parceiro qualificado pode ser a saída para a modernização de serviços públicos no país.

Um dos caminhos é o uso de nuvem híbrida. Esse modelo conta com parte da infraestrutura local, permitindo conexões com nuvens públicas, facilitando a adoção do modelo e a gestão transparente dos custos. Pode-se, inclusive, comparar o custo entre disponibilizar um serviço na infraestrutura de nuvem local com as diversas opções de nuvens públicas.

Essa é uma garantia de segurança, eficiência, produtividade e controle nas mãos de um gestor público.

Como a cloud computing afeta a gestão atual e futura nas organizações?

Existe um motivo pelo qual os setores público e privado buscam uma transformação digital com base na inclusão de tecnologia em seus processos operacionais e administrativos. A cloud computing é uma resposta para a gestão do presente e uma preparação para a gestão do futuro.

Além de facilitar e integrar o trabalho dentro do escritório, a disponibilidade de um volume tão grande de informações traz insights e indicadores fundamentais para o futuro.

São eles que apontam deficiências em processos, oportunidades de melhoria e novas demandas do público em tempo para que a sua equipe se adapte antes dos concorrentes — ou simplesmente entregue a melhor experiência possível aos clientes.

Por tudo isso, a cloud computing não é mais apenas uma tendência, mas uma transformação necessária. Quanto mais rápido for feito esse investimento, mais rapidamente a sua organização se torna referência em uma nova realidade — seja para ganhar dos concorrentes no setor privado, seja melhorar o país no setor público.

Como a nuvem altera a sua forma de trabalhar?

Seja qual for o seu background tecnológico e o seu papel dentro da organização, é inevitável que a cloud computing vá se tornar parte do seu mundo corporativo. O mais importante nesse cenário para um profissional de TI é entender seu novo papel estratégico de fornecer soluções ao negócio, e não ser um “resolvedor” de problemas técnicos.

A adoção do modelo de nuvem significa que a equipe de TI pode gastar menos tempo se preocupando com a manutenção de sua infraestrutura de datacenter, o que permite uma aproximação maior das necessidades do negócio.

Ao pensarmos em nuvem híbrida, a equipe de TI pode ter o melhor de dois mundos: a escalabilidade e a conveniência da nuvem pública para as demandas sazonais, somadas à economia e à performance local da nuvem privada para demandas previsíveis.

Via de regra, fica mais barato manter uma infraestrutura de nuvem privada para as demandas do dia a dia, enviando os transbordos para a nuvem pública — se for necessário. Essa estratégia ajuda a manter um datacenter local enxuto, driblando gargalos quando uma demanda pontual de maiores proporções surgir.

A redução de obrigações operacionais para a equipe de TI cria uma nova forma de trabalhar para o setor. O lugar do gestor de TI hoje é na mesa diretoria, usando seu ponto de vista e seus conhecimentos como base para a tomada de decisões estratégicas e de investimentos.

Em um mercado cada vez mais digital, a cloud computing afeta diretamente o resultado do negócio. Cabe à equipe de TI assumir essa responsabilidade.

Quais são os benefícios da implementação de cloud computing?

Tudo o que apresentamos até agora demonstra a importância de investir na nuvem para se adaptar ao futuro e melhorar sua gestão tecnológica, mas alguns desses conceitos podem soar um pouco abstratos.

Por isso, podemos terminar a conversa listando alguns benefícios práticos que você e sua organização ganham ao adotar esse modelo:

Automação e infraestrutura

Ao implementar cloud computing, o setor de TI ganha imediatamente uma infraestrutura robusta e automatizada para trabalhar.

Essa automação engloba desde rotinas operacionais como backup, atualização de ferramentas, verificações de segurança, até a disponibilização automatizada de infraestrutura para aplicações, com um simples clique em uma console de gerência. Com o tempo economizado é possível focar na otimização do sistema e em novas estratégias de negócio.

Mobilidade e disponibilidade

Uma das grandes vantagens de implementar cloud computing é disponibilizar o sistema para todos os colaboradores, onde quer que eles estejam. Essa solução liberta a produtividade do ambiente físico e flexibiliza o trabalho de todos os departamentos envolvidos.

Escalabilidade e elasticidade

Esses dois termos são os preferidos de gestores de TI quando buscam ao mesmo tempo eficiência e economia com sua estrutura. Por sua natureza flexível, a nuvem permite que organizações contratem apenas os recursos que precisam, podendo aumentar ou diminuir essa oferta de acordo com sua própria demanda.

Isso significa que nunca há infraestrutura ociosa ou insuficiente. Se o período é de crise ou de pouca procura, basta diminuir o plano para economizar. Se há um pico de demanda, é só aumentar os recursos e atender 100 mil pessoas com a mesma facilidade com que você atenderia 100 pessoas.

Economia com infraestrutura interna

Com a adoção da nuvem, é possível eliminar boa parte da sua infraestrutura de datacenter local, o que permite mais flexibilidade nos gastos com equipamentos e mais atenção ao que interessa: como esses recursos são utilizados em prol dos clientes ou, no caso do setor público, em prol da população.

Quando existe a necessidade de uma infraestrutura no datacenter local, a automação do provisionamento de recursos, a flexibilidade de crescimentos lineares e a gestão centralizada, permitindo conectores com nuvens públicas, viabilizam a adoção de uma estrutura enxuta e escalável.

Sobra tempo, dinheiro e espaço para que a TI faça transformações significativas em busca de objetivos mais ambiciosos.

Esse é o maior ganho que uma organização consegue quando investe em cloud computing: uma plataforma que permite a flexibilidade e rapidez que o mundo digital necessita.

É uma solução que tira do gestor tecnológico o peso de obrigações operacionais e o coloca em um papel de destaque na elaboração de novas estratégias. O que você está esperando para começar essa transformação?

Se você gostou do post ou tem alguma dúvida sobre a implementação de nuvem em organizações públicas e privadas, deixe um comentário!

 

banner_dell

fale cosnoscoPowered by Rock Convert