Economia usando a virtualização

Principais métodos de economia de custos de virtualização para administradores de TI no setor público

Powered by Rock Convert

Por mais controlado que os gestores públicos façam uso efetivo do orçamento de TI, o uso cuidado deste recurso será ainda mais importante se você for responsável pelo gerenciamento de uma infraestrutura de grande porte, a exemplo do utilizado em instituições públicas. 

Afinal, os ambientes de virtualização são maiores e mais complexos do que nunca e as camadas de nuvem também estão sendo lançadas nesta arquitetura, aumentando ainda mais o custo e a complexidade.

No entanto, o orçamento de TI, mesmo em instituições públicas, normalmente não acompanha o crescimento e as demandas da infraestrutura, portanto, é preciso empregar métodos criativos de economia de custos com uso da virtualização para alcançar seus objetivos estratégicos.

Métodos de economia de custos de virtualização para administradores de TI

Os maiores custos em qualquer ambiente de virtualização tendem a ser licenças, aquisição, suporte e manutenção de hardware, então é nesse ponto que você deve procurar maneiras de reduzir despesas.

  • Revise suas licenças

Uma das técnicas mais eficazes de economia de custos de virtualização é procurar licenças desperdiçadas. Existem algumas maneiras diferentes pelas quais as licenças podem ser desperdiçadas.

Talvez a fonte mais comum de licenças desperdiçadas sejam as assinaturas que foram esquecidas. Isso acontece quando uma organização assina um serviço baseado em nuvem e interrompe o uso do serviço na metade da assinatura. 

No momento em que a assinatura deve ser renovada, ela já foi esquecida. A organização pode nem perceber que está renovando uma assinatura que não está mais usando.

Uma segunda maneira pela qual as licenças são desperdiçadas é na forma de ferramentas sobrepostas. As ferramentas de gerenciamento de hipervisor nativas são eficientes, mas as organizações maiores quase sempre dependem de mecanismos de terceiros que fornecem recursos que vão muito além do que os instrumentos nativos são capazes.

Com o tempo, as ferramentas de terceiros tornam-se inevitavelmente mais ricas em recursos à medida que avançam de uma versão para a seguinte. Como tal, uma organização pode eventualmente descobrir que possui várias ferramentas com recursos quase idênticos. 

Nessas situações, a organização pode economizar uma quantia considerável de dinheiro reavaliando sua escolha de ferramentas e eliminando qualquer redundância.

  • Aumente a capacidade da VM

Outra técnica muito eficaz de economia de custos de virtualização é procurar maneiras de aumentar a capacidade da VM de um host. Isso permite que a organização evite gastar dinheiro em novos servidores para acomodar novas cargas de trabalho. Também ajuda a reduzir os custos de licenciamento, pois a organização não precisa se preocupar em licenciar um novo servidor.

Embora nem sempre seja possível aumentar a capacidade de VM de um host, há algumas coisas que podem ser feita. Primeiro, verifique se o servidor pode acomodar memória física adicional. 

A memória é quase sempre um dos fatores que limitam o número total de VMs que podem ser executadas em um host. Você também deve considerar ativar a memória dinâmica se ela ainda não estiver sendo usada. Ela permite que a memória existente de um host seja usada com mais eficiência, potencialmente aumentando a densidade da VM.

Outra possibilidade é investir em armazenamento com melhor desempenho. O IOPS de armazenamento é um fator limitante muito comum quando se trata de implantações de virtualização.

Enquanto você trabalha para melhorar a densidade geral da VM, certifique-se de não usar toda a capacidade disponível do seu host. 

A maioria das implantações de virtualização de produção é armazenada em cluster e, portanto, você deve reservar capacidade suficiente para permitir que o cluster absorva as cargas de trabalho altamente disponíveis de um host no caso de uma falha no nó.

Com a devido empenho, é possível reduzir os custos associados a uma infraestrutura virtualizada e manter aplicativos de missão crítica que atendem às organizações do serviço público em todas as esferas.

Para ajudar nesse desafio, entre em contato com os nossos especialistas e saiba como a CPD Informática pode garantir suas operações de missão crítica com uso da virtualização.

Sobre a CPD Informática

Fundada em 1974, a CPD Informática é uma empresa Integradora de Recursos e Provedora de Serviços de TI (Tecnologia da Informação), com sede em Brasília e operação em todo o território nacional.

Em seus mais de 40 anos de atividade, a CPD Informática se tornou referência em soluções integradas de TI com propostas inovadoras, produtos com tecnologia de ponta e atendimento especializado e diferenciado.

Powered by Rock Convert